Notícias

Ver notícia

Uma das principais causas de extravasamento é a ligação irregular de água pluvial na rede de esgoto

Viver em sociedade requer muita responsabilidade, pois fazemos parte de um coletivo. Desde não jogar lixo na rua até cuidar de nossas calçadas, muitas de nossas atitudes interferem na vida de outras pessoas. O mesmo vale para a rede de esgoto interna de um imóvel. A forma como você cuida de sua rede, impacta no seu bairro, na sua região e até na sua cidade.

É bem fácil de entender: a rede de esgoto interna é aquela que recebe todo o resíduo proveniente de atividades diárias, como lavar roupas e louças, tomar banho, acionar a descargar de vasos sanitários, escovar os dentes, entre outras. Descartar lixo e objetos em vasos sanitários ou em ralos, entopem a rede, provocando transtornos não só para quem mora no imóvel, mas na rede pública da cidade. Por isso é muito importante a conscientização sobre o uso correto da rede.

Mas não são só lixo e objetos descartados indevidamente que ocasionam entupimentos e, consequentemente, extravasamentos de esgoto. Um dos principais motivos de ocorrências dessa natureza é quando a rede pluvial, aquela que recebe a água de chuva, está ligada à rede de esgoto.

“A tubulação da rede de esgoto é dimensionada para receber somente o esgoto doméstico. Sendo assim, não tem capacidade para suportar o grande volume proveniente das águas de chuva, podendo ocorrer transbordamentos”, explica o coordenador de Operações e Serviços, Alan Pedra.

Além da questão do diâmetro da tubulação, Alan comenta que há outras diferenças. “A rede pluvial coleta a água de chuva por meio das bocas de lobo (bueiros), que ficam próximas às calçadas. Já as redes coletoras de esgoto são dimensionadas para receber exclusivamente efluentes, que são resíduos líquidos provenientes de diversas atividades que utilizam água nas residências, como cozinhas e sanitários”, reforça.

Ele lembra ainda que o esgoto lançado incorretamente na rede pluvial vai diretamente nos corpos hídricos (rios, córregos e ribeirões), impactando os mananciais. “É importante que as pessoas verifiquem suas redes. Assim, estão contribuindo para a preservação do meio ambiente e para a saúde da população”, conclui Alan.

FIQUE DE OLHO

– A água de chuva não pode estar ligada à rede de esgoto. Esta prática causa transtornos e prejuízos, pois provoca entupimento, rompimento de tubulação e transbordamento de esgoto nas ruas ou dentro do imóvel;

– As águas de chuva devem ser conduzidas para as sarjetas, de onde vão para as bocas de lobo e seguem seu trajeto para córregos, ribeirões e rios;

– Para regularizar as instalações, tanto da ligação da rede de esgoto do imóvel ou para deslacrar a caixa de inspeção, é preciso contatar o serviço de um pedreiro de sua confiança.

USE CORRETAMENTE

Alan lembra ainda que a rede coletora de esgoto – pias, ralos e vasos sanitários, não deve ser utilizada para descarte de óleo de cozinha usado e gorduras em geral, papel higiênico, cotonetes, preservativos, absorventes higiênicos, fraldas descartáveis, fios de cabelo, peças íntimas, entre outros objetos. “Usando a rede de forma correta, todo o sistema de esgotamento sanitário funciona de maneira positiva e em prol da saúde de todos. É uma responsabilidade de todos nós”, afirma.

PLANO ÁGUAS DE VERÃO

Para minimizar as ocorrências de entupimentos e extravasamentos de esgoto, a Mirante vem colocando em prática, desde outubro de 2023, o Plano Águas de Verão. O objetivo é conscientizar a população para reduzir a quantidade de lixo descartado indevidamente na rede, além de orientar sobre a separação da rede pluvial da rede de esgoto

As áreas de Serviços e Responsabilidade Social da Mirante vem realizando encontros com moradores de vários bairros da cidade para orientar sobre o uso correto da rede de esgoto, especialmente a separação da rede pluvial da rede de esgoto. “Esse é um dos principais motivos de entupimento e extravasamento de esgoto, especialmente no período chuvoso”, diz a coordenadora de Responsabilidade Social da concessionária, Andréia Ferreira.

Quer receber o Plano Águas de Verão no seu bairro/associação? Entre em contato pelo e-mail responsabilidadesocial@miranteppp.com.br .

QUEM SOMOS

Mirante

A Mirante é uma empresa da Aegea Saneamento, líder no setor privado no Brasil. Desde 2012, a empresa é responsável pelo esgotamento sanitário da área urbana de Piracicaba (SP), município que em 2014 atingiu a universalização do serviço de saneamento. A operação funciona por meio de uma PPP (Parceria Público-Privada) com o Semae (Serviço Municipal de Água e Esgoto) de Piracicaba.

Saiba mais em https://www.miranteppp.com.br

Aegea

Criada em 2010, a Aegea é líder no setor privado de saneamento básico no Brasil. Em cada município onde atua leva mais saúde e qualidade de vida para a população, respeitando sempre o meio ambiente e a cultura local. Hoje são mais de 31 milhões de pessoas atendidas em 505 cidades de 14 estados, de norte a sul do Brasil.

Saiba mais em https://www.aegea.com.br

Compartilhar:

Veja Também

Responsabilidade Social Saiba mais
Responsabilidade Social

A atuação social e ambientalmente responsável faz parte da nossa história e do nosso propósito.

Esgotamento Sanitário Saiba mais
Esgotamento Sanitário

A Mirante trabalha diariamente para ampliar e melhorar o índice de coleta e tratamento de esgoto.

Politica de Inv. Social Privado Saiba mais
Politica de Inv. Social Privado

Uma concessão é muito mais que um acordo com o poder público, é um compromisso com o lugar e com sua gente.

Contato Saiba mais
Contato

As demandas relacionadas ao sistema de esgotamento sanitário, devem ser solicitadas diretamente à SEMAE.