Notícias

Ver notícia

Nesta sexta-feira (18), será revelado o trabalho vencedor do concurso cultural promovido pelo projeto “Caminho das Águas”, viabilizado pela área de Responsabilidade Social da concessionária Mirante, voltado a professores da rede pública de Ensino Fundamental. Piracicaba disputa com dois vídeos produzidos pelas escolas municipais José Antonio de Oliveira e Wilson Guidotti, que concorrem com mais 36 instituições distribuídas em todo o território nacional.

O concurso cultural integra a etapa final do projeto, que envolveu a produção de vídeos de curta metragem utilizando a técnica Stop Motion, aprendida durante a oficina. Os projetos passaram por uma seletiva e para votação popular foram escolhidos 38 trabalhos, sendo dois de Piracicaba. A instituição vencedora ganhará um projetor, um tablet para o professor e uma experiência cultural para os estudantes.

Capitaneado pelos professores Laís Cordeiro Rodrigues e Charlies Ponciano, representantes das escolas José Antonio de Oliveira e Wilson Guidotti, respectivamente, os trabalhos foram desenvolvidos com a participação direta dos estudantes sob as temáticas relacionadas ao ciclo da água, processos de captação e tratamento e preservação do meio ambiente, abordadas durante o workshop.

O vídeo ‘É a gota d’água, produzido pela E.M José Antonio de Oliveira, aborda a temática sobre preservação do meio ambiente. O curta mostra um rio com muitos peixes que vai se poluindo devido a ação do homem, mas que se recupera após a ação de um indivíduo que recolhe todo lixo descartado no corpo hídrico e desenvolve um trabalho de conscientização para que o problema não volte a acontecer. Já o projeto ‘Uma história dos banhos’, apresenta um resgate da evolução do hábito ao longo dos anos, passando desde a Roma Antiga, até hoje.

A professora Laís avaliou a experiência como positiva, pois possibilita uma articulação maior entre escola e alunos, por meio do uso de tecnologia. “A formação deu repertório suficiente para entender a técnica, explorar os aplicativos e refletir sobre as formas de mediação com as crianças para o desenvolvimento do projeto. A troca de experiências entre os participantes foi um aspecto muito relevante no percurso também, permitindo reelaborar outras estratégias a partir dos relatos e conhecer as diferentes temáticas abordadas pelos professores”, explica a docente.

Segundo a analista de Responsabilidade Social, Cynthia da Rocha, a proposta da capacitação vai de encontro com o propósito da concessionária, que é o de compartilhar o conhecimento e fomentar o debate acerca das questões ambientais, de forma dinâmica e diferenciada.

“Acreditamos que o compartilhamento de informações permite o acesso a outras perspectivas. Por isso, temos oferecido projetos que possibilitem troca de experiência e vivências – desta forma conseguimos ter vários agentes multiplicadores, como as crianças participantes dessa edição do Caminho das Águas, a disseminar e reconhecer a importância das questões ambientais de forma lúdica e divertida, fazendo com que todo o saber adquirido atinja ainda mais pessoas”, destaca Cynthia.

Laís relata ainda que a proposta de trabalho desenvolvida com os alunos, foi consolidada em várias etapas, que envolveram atividades que abordaram as características do planeta Terra, a água como recurso finito, preservação da natureza e processos de intervenção contra a poluição. Após essa fase, os alunos tiveram acesso a técnica Stop Motion e foram divididos em grupos, nos quais uma parte ficou responsável pelo início da história e a outra pela sequência, dando formato ao roteiro que, no final, contou com três partes que foram integradas e condensadas em uma única, de acordo com as sugestões dos alunos. Em seguida, os estudantes registraram as cenas com ilustrações e a escrita, criando um storyboard, para ordenar os fatos de acordo com a técnica.

“Foi interessante ver que eles estavam concebendo a técnica, enquanto o conjunto de ‘desenhos que ganhavam vida’. O trabalho foi interdisciplinar e envolveu o entendimento e a inserção de múltiplas linguagens. O processo foi muito rico e, após vivenciarmos essa e processo de construção, os alunos ficaram bem empolgados ao verem o vídeo disponibilizado e veiculando por meio do  no YouTube. O apoio das famílias também foi excepcional para a elaboração do vídeo e na divulgação da votação. A gestão e toda a equipe escolar ficaram surpresas, felizes e deram suporte e apoio. Considero que o engajamento se deu por um bom trabalho coletivo, vivenciado desde o início do projeto”, comenta Laís.

CAMINHO DAS ÁGUAS – O projeto ‘Caminho das Águas’ foi desenvolvido pela Zureta Filmes e faz parte do programa de Responsabilidade Social do grupo Aegea Saneamento e envolveu a participação de 28 cidades e 11 estados. Todo o conteúdo em audiovisual é acessível com audiodescrição, legendas em closed caption e libras.

Com carga horária de 4 horas, o workshop aconteceu via plataforma digital em duas etapas, seguindo os protocolos de biossegurança de prevenção a Covid-19.

 

Para assistir, acesse:

 Uma história dos banhos

https://www.youtube.com/watch?v=c96KhQENltw

 

É a gota d’água

https://www.youtube.com/watch?v=jxmiCsAn0DQ

Compartilhar:

Veja Também

Contato Saiba mais
Contato

As demandas relacionadas ao sistema de esgotamento sanitário, devem ser solicitadas diretamente à SEMAE.

Responsabilidade Social Saiba mais
Responsabilidade Social

A atuação social e ambientalmente responsável faz parte da nossa história e do nosso propósito.

Efluentes Industriais Saiba mais
Efluentes Industriais

Confira o procedimento para o requerimento do termo de anuência para efluentes industriais.

Programação de Serviços Saiba mais
Programação de Serviços

Confira os locais previstos para a execução de serviços de manutenção, desobstrução, novas ligações e melhorias na rede coletora de esgoto.