A equipe técnica da Mirante executou mais uma etapa do plano de modernização dos sistema de esgotamento sanitário do município, garantindo mais eficácia no atendimento e menos obstruções. Desta vez, a região contemplada pelas melhorias foi a do bairro Tupi.

O projeto, viabilizado por meio da Parceria Público-Privada firmada entre a concessionária, a Prefeitura e o Semae – consistiu na substituição de 96 metros da rede coletora em PVC corrugado (que confere maior tempo de vida útil à tubulação), com diâmetro nominal de 150 milímetros. O trabalho, concluído na semana passada, foi realizado por meio do método de escavação mecânica, que confere maior agilidade ao processo e diminuição do desgaste físico do colaborador envolvido na operação.

Segundo o supervisor de Serviços, Giovan Christofolletti, a obra tem como finalidade garantir que o sistema consiga suportar a demanda da região. “O objetivo deste projeto é assegurar que o sistema opere com eficiência e qualidade para suprir o volume de esgoto desta área a médio e longo prazo. Acreditamos que as melhorias vão reduzir os transtornos causados pelos extravasamentos e vão conferir mais saúde e qualidade de vida aos moradores desta área”, explica Giovan.

MELHORIAS – As medidas foram adotadas para reduzir o número de obstruções da rede coletora localizada na rua José Basso, que registravam a média anual de nove reincidências. Para isso, a área de Engenharia realizou um estudo de viabilidade, quando foi constatado que a tubulação antiga apresentava metade do diâmetro em comparação com a utilizada atualmente, tendo 75 milímetros, e a nova com 150 milímetros. A antiga dificultava o escoamento do esgoto e, ainda, facilitava o entupimento causado pelo descarte irregular de lixo ou acúmulo de gordura na rede.

 

 

Share Button