Notícias

Ver notícia

Universalização do serviço reduz índice de doenças e garante a saúde da população

Ao abrir uma torneira, acionar a descarga do vaso sanitário ou ligar o chuveiro, o sistema hidráulico do imóvel entra em ação, enviando os efluentes gerados internamente até a rede pública de esgoto. Em seguida, o esgoto é encaminhado até uma estação de tratamento. 

Mas você sabe como isso acontece? O processo percorrido é extenso e complexo. Exatamente por isso, precisa de atenção especial. 

Com uma população de quase 410 mil habitantes, Piracicaba consegue garantir mais qualidade de vida a seus cidadãos hoje do que há 11 anos, graças aos serviços que a Mirante, empresa da Aegea Saneamento, a maior da rede privada do país, oferece para a população.

No município existem cerca de 1.800 km de tubulação de esgoto. De acordo com o coordenador de Operações e Serviços da Mirante, Alan Pedra, essas redes são responsáveis por transportar todo efluente gerado nos imóveis para as estações de tratamento. “Como exemplo, se colocado todos esses tubos em linha reta, dava para sair de Piracicaba e chegar a Salvador (BA)”, compara.

Segundo Alan, a caixa de inspeção é o limite entre o imóvel e a rede pública de esgoto. “Na rede pública, o efluente flui até uma estação de tratamento onde passa por todo o processo de tratamento de forma rigorosa e controlada e, depois disso, é devolvido para a natureza, nos corpos hídricos, com todas as condições de tratamento”, afirma.

PLANO ÁGUAS DE VERÃO

Mas para que todo esse processo aconteça de forma eficiente, é necessário que a rede coletora de esgoto seja utilizada de maneira consciente.

Para isso, a Mirante promove, durante todo o ano, campanhas alusivas ao tema e, no último mês de outubro, lançou o Plano Águas de Verão 2023-2024, que tem como objetivo conscientizar e educar a população para reduzir a quantidade de lixo descartado indevidamente, orientar sobre a separação da rede pluvial da rede de esgoto.

A principal ideia é evitar problemas que historicamente se agravam durante as estações mais quentes e chuvosas do ano, como obstruções e extravasamento. “Os principais causadores de extravasamento de esgoto são o lixo descartado incorretamente na rede de esgoto e as ligações irregulares de água pluvial também na rede de esgoto”, diz Alan.

POÇO DE VISITA (PV)

Importantíssimos no sistema de esgotamento sanitário, os Poços de Visita (PVs) são os acessos que as equipes têm para realizar vistorias e avaliações das redes de esgoto, particulares ou públicas. 

“Os PVs são aquelas tampas de ferro, redondas, dispostas nas ruas e calçadas, e que nos ajudam a cuidar de toda a rede”, explica Alan. Segundo ele, esgoto bem tratado gera mais saúde e qualidade de vida. Com tratamento adequado de efluentes, os índices de doenças como cólera, infecções gastrointestinais, febre tifóide, poliomielite, amebíase, esquistossomose, entre outras, foram erradicados ou reduzidos vertiginosamente em municípios onde o serviço foi universalizado.

Alan reforça: “As pessoas jamais devem jogar qualquer tipo de lixo na rede de esgoto, como papel higiênico, absorventes, cotonetes, fraldas, cabelo, fio dental, entre outros, para não haver riscos de extravasamento. Também não devem realizar conexões irregulares de águas de chuva na rede de esgoto.”

Compartilhar:

Veja Também

Programação de Serviços Saiba mais
Programação de Serviços

Confira os locais previstos para a execução de serviços de manutenção, desobstrução, novas ligações e melhorias na rede coletora de esgoto.

Politica de Inv. Social Privado Saiba mais
Politica de Inv. Social Privado

Uma concessão é muito mais que um acordo com o poder público, é um compromisso com o lugar e com sua gente.

REVITALIZAÇÃO EEE ITAPEVA Saiba mais
REVITALIZAÇÃO EEE ITAPEVA

ETAPAS DA OBRA

Esgotamento Sanitário Saiba mais
Esgotamento Sanitário

A Mirante trabalha diariamente para ampliar e melhorar o índice de coleta e tratamento de esgoto.