Notícias

Ver notícia

A concessionária Águas do Mirante concluiu na última semana, as obras de implantação de rede coletora de esgoto, com a finalidade de eliminar mais um local de lançamento de esgoto in natura no córrego do Itapeva, situado entre a avenida Trinta e um de março e a rua Aimorés, no bairro Pauliceia. O projeto integra o plano de combate ao despejo de efluentes clandestino sem tratamento nos afluentes do município, que até dezembro de 2015, eliminou mais de 42 pontos de irregularidades no sistema de esgotamento sanitário.

A obra planejada pela área de Engenharia e executada pela equipe técnica de Manutenção, consistiu na implantação de 120 metros de rede coletora de esgoto, com diâmetro de 150 milímetros e profundidade média de 1,70 metros.

IMG_2892

“Desde o início das nossas atividades no município, adotamos junto à autarquia, procedimentos para minimizar os índices de lançamentos clandestinos nos córregos de Piracicaba. As equipes técnicas da Águas do Mirante e Semae, têm implementado e aprimorado os procedimentos para detecção dos pontos irregulares destes despejos em volumes perceptíveis na contaminação dos córregos e rios. As ações ocorrem por meio de vistorias e fiscalizações realizadas em conjunto, elaboração de estudos, projetos e definição das obras necessárias para solucionar o problema, encaminhando o efluente ao seu destino correto, contribuindo assim para a preservação do meio ambiente”, esclarece o gerente de Engenharia, Fábio Arruda.

Compartilhar:

Veja Também

Responsabilidade Social Saiba mais
Responsabilidade Social

A atuação social e ambientalmente responsável faz parte da nossa história e do nosso propósito.

Sala de Imprensa Saiba mais
Sala de Imprensa

Confira as últimas notícias da Mirante e saiba mais sobre obras, programas e projetos.

Politica de Inv. Social Privado Saiba mais
Politica de Inv. Social Privado

Uma concessão é muito mais que um acordo com o poder público, é um compromisso com o lugar e com sua gente.

Contato Saiba mais
Contato

As demandas relacionadas ao sistema de esgotamento sanitário, devem ser solicitadas diretamente à SEMAE.