Notícias

Ver notícia

Saber a diferença entre rede coletora de esgoto e rede pluvial é fundamental para que seu imóvel não sofra as consequências que uma ligação irregular acarreta. Por isso, uma das medidas que se deve tomar ao construir, alugar ou comprar um imóvel, é verificar e garantir que essas redes não estejam interligadas. Mas você sabe por quê?

A rede de esgoto é aquela que recebe todo o resíduo proveniente de atividades diárias, como lavar roupas e louças, tomar banho, acionar a descarga de vasos sanitários, escovar os dentes, entre outras. Já a rede pluvial é aquela que destina a água de chuva às guias e bocas de lobo (bueiros). “Acontece que a rede de esgoto é dimensionada para receber apenas o que vem de dentro dos imóveis. Ela não comporta o volume da água de chuva”, explica o coordenador de Serviços da Mirante, Giovan Christofolletti.

Além da quantidade de água, principalmente durante os períodos de maior incidência de chuvas, a rede pluvial pode receber também areia, pedras e folhas dos quintais das casas. “Isso tudo sobrecarrega a tubulação de esgoto quando existe a ligação irregular”, afirma Giovan.

Outro fator que favorece os entupimentos é o uso incorreto da rede coletora. Ou seja, lixo e os mais diversos materiais descartados no vaso sanitário. Com frequência, as equipes de Serviços da Mirante encontram obstruções de redes causadas por fraldas, estopa, absorventes, papel higiênico, cabelo, cotonetes, preservativos e até peças de roupa. “Lugar de lixo, de papel higiênico e outros tantos objetos não é no vaso sanitário”, orienta o coordenador.

O acúmulo de gordura também é frequentemente encontrado nas tubulações. “Por isso é tão importante que a população não descarte óleo de cozinha usado no ralo da pia. Essa gordura, aliada a outros detritos, forma uma massa espessa e dura, que obstrui a rede”, comenta Giovan.

CAIXA DE INSPEÇÃO

Agora que você já sabe que as redes de esgoto e pluvial têm que estar separadas, vamos para outro tópico de suma importância: a caixa de inspeção! Sim, todo imóvel, de qualquer natureza, precisa ter uma caixa de inspeção. Esse é um equipamento muito simples que impede o retorno de esgoto para o imóvel, numa eventualidade.

Giovan explica que, além de facilitar a limpeza, a caixa de inspeção evita futuros danos ao sistema porque, por meio delas, é feita a limpeza e a identificação de possíveis entupimentos. Localizada na parte externa do imóvel, de residências particulares a comércios e indústrias, está acoplada aos sistemas de banheiros e de serviços. “A caixa de inspeção mantém um bom fluxo de resíduos, garante um ambiente saudável e limpo, além de ser de fácil instalação e manutenção”, observa Giovan. Embora seja extremamente relevante, o equipamento ainda é ignorado por algumas pessoas no processo de implantação do sistema de esgoto.

“Com todos esses cuidados, sua casa fica mais segura e você mais tranquilo, especialmente durante a temporada de chuvas”, finaliza Giovan.

 

Compartilhar:

Veja Também

Esgotamento Sanitário Saiba mais
Esgotamento Sanitário

A Mirante trabalha diariamente para ampliar e melhorar o índice de coleta e tratamento de esgoto.

REVITALIZAÇÃO EEE ITAPEVA Saiba mais
REVITALIZAÇÃO EEE ITAPEVA

ETAPAS DA OBRA

Programação de Serviços Saiba mais
Programação de Serviços

Confira os locais previstos para a execução de serviços de manutenção, desobstrução, novas ligações e melhorias na rede coletora de esgoto.

Efluentes Industriais Saiba mais
Efluentes Industriais

Confira o procedimento para o requerimento do termo de anuência para efluentes industriais.