A Mirante – empresa responsável pelo esgotamento sanitário de Piracicaba, por meio de Parceria Público Privada firmada com o Semae/Prefeitura Municipal – lançou, na tarde hoje (6), o 1º Prêmio Mirante de Jornalismo Ambiental, destinado a profissionais da área jornalística e estudantes de Jornalismo com atuação na cidade de Piracicaba. O evento de lançamento contou com a participação do presidente da Mirante, Ricardo Miranda; do diretor Executivo, Fábio Arruda; da coordenadora de Comunicação, Adriana Pereira, representantes de veículos de comunicação e instituições de ensino universitário.

O prêmio é uma homenagem da concessionária Mirante ao aniversário de 252 anos da cidade, celebrados neste mês. Com inscrições gratuitas e premiação em dinheiro (tabela abaixo), os participantes poderão concorrer em seis categorias (jornalismo impresso, radiojornalismo, telejornalismo, webjornalismo, fotojornalismo e universitária). Serão premiados os dois melhores de cada categoria profissional e haverá prêmio único na categoria destinada aos estudantes de Jornalismo. O objetivo é incentivar pautas que relacionem o impacto positivo do saneamento básico à saúde e na preservação do meio ambiente de Piracicaba. Também busca reconhecer a importância dos jornalistas e dos meios de comunicação na difusão de iniciativas favoráveis ao desenvolvimento sustentável.

O regulamento completo assim como o formulário de inscrição já estão disponíveis no site oficial concessionária: www.miranteppp.com.br. Podem participar jornalistas com registro profissional ou os que comprovem atividade profissional pelo prazo mínimo de cinco anos (matérias publicadas e assinadas) e universitários do curso de Bacharelado em Comunicação Social, com ênfase em Jornalismo. Serão aceitos trabalhos produzidos e publicados entre 6 de agosto de 2019 e 6 de janeiro de 2020. A divulgação e a entrega das premiações serão realizadas em evento previsto para o mês de março de 2020 (em data a ser agendada e previamente divulgada pelos organizadores).

Entre as abordagens indicadas para o desenvolvimento das pautas estão a responsabilidade do cidadão no processo de preservação ambiental; a importância do esgoto tratado para a prevenção de doenças e melhoria da saúde pública; os impactos do avanço dos serviços de água e de esgoto no desenvolvimento urbano sustentável; exemplos de iniciativas voltadas à educação, cultura e participação da sociedade com o objetivo de incentivar o bom uso da água, da rede de esgoto e a conservação do meio ambiente e a participação de Piracicaba nos rankings nacionais de saneamento.

Os critérios avaliados pela Comissão Organizadora serão: adequação ao tema; criatividade; inovação (linguagem, abordagem, apresentação); apuração das informações; abrangência da abordagem; grau de dificuldade para a execução da reportagem e zelo pela ética jornalística, dando oportunidade para a manifestação de todas as partes envolvidas na questão. Os trabalhos considerados montagens, cópias, plágios e que contenham informações ou fontes de origem duvidosa serão imediatamente desclassificados pelos jurados.

RANKING POSITIVO

Piracicaba é referência em saneamento básico. Por três anos consecutivos o município conquista nota máxima (500 pontos) no Ranking da Universalização do Saneamento (categoria cidade com mais de 100 mil habitantes), promovido pela Associação Brasileira de Engenharia Ambiental e Sanitária e Ambiental (ABES). Nesse ranking são avaliados quesitos referentes ao abastecimento e distribuição de água, coleta e tratamento de esgoto e coleta e destinação final de resíduos sólidos. Os dados são do SNIS (Sistema Nacional de Informações sobre Saneamento).

Outro indicador que coloca Piracicaba na seleta lista das cidades mais bem saneadas do Brasil é o Ranking do Saneamento, promovido pelo Instituto Trata Brasil. O ranking considera informações relativas ao abastecimento de água e esgotamento sanitário. Este ano, Piracicaba subiu oito posições, saltando de 16ª posição para a 8ª posição. Nessa classificação e considerando a pontuação do esgotamento sanitário, Piracicaba, pelo segundo ano consecutivo, ocupa a primeira colocação. Mirante é a primeira PPP nesta lista de cidades mais bem saneadas.


CATEGORIAS – 1º Prêmio Mirante de Jornalismo Ambiental

Jornalismo impresso

Radiojornalismo

Telejornalismo

Webjornalismo

Fotojornalismo

Universitária

PREMIAÇÃO – 1º Prêmio Mirante de Jornalismo Ambiental

CATEGORIA Profissional
1º colocado – R$ 5.000,00
2º colocado – R$ 2.500,00

Universitária
Premiação Única – R$ 2.000,00

SERVIÇO:

1º Prêmio Mirante de Jornalismo Ambiental

Inscrições: 6 de agosto de 2019 a 6 de janeiro de 2020

Onde: www.miranteppp.com.br

Quem pode participar: jornalistas e estudantes de Jornalismo

Informações: (19) 3401-2441

E-mail: aguas.mirante@gmail.com

Share Button